Como funciona

Traumeel® — Como funciona

A abordagem natural para controlar a inflamação e auxiliar a cicatrização

Nosso propósito é acelerar a cicatrização e fazer com que você volte o mais rápido possível para suas atividades diárias normais: Traumeel® reduz a inflamação e alivia a sua dor de forma sustentada. Saiba mais sobre esse processo natural.

Aperte o botão para encontrar a cura

Traumeel® funciona de forma natural para você voltar à ativa

Traumeel

Como Traumeel® ajuda você

  • A inflamação é um processo complexo e multifatorial que é essencial para o reparo tecidual p. ex. após lesão articular ou muscular. No entanto, a inflamação excessiva pode causar dor e ser prejudicial à recuperação.

  • Citocinas que atuam como sinais mensageiros no sistema imunológico do corpo podem aumentar (citocinas pró-inflamatórias) ou reduzir (citocinas anti-inflamatórias) a inflamação.

  • O desequilíbrio de citocinas anti-inflamatórias e pró-inflamatórias pode causar inflamação e dor excessivas e prolongadas.

  • Traumeel® restaura o equilíbrio na atividade das citocinas pró e anti-inflamatórias.

Ingredientes

Seu aliado natural para alívio mais rápido e sustentado

Traumeel®: 14 ingredientes ativos

Achillea millefolium

Achillea millefolium

Mil-folhas: Detém sangramentos (hemorragias), especialmente hemorragias arteriovenosas pré-capilares.

Aconitum napellus

Aconitum napellus

Acônito: Alivia casos de febre com pele quente e seca, neuralgia e reumatismo inflamatório; melhora o tônus vascular; ação hemostática e analgésica.

Atropa belladonna

Atropa belladonna

Beladona: Alivia as fases da reação inflamatória localizada, melhora a sensibilidade cerebral quanto a cãibras e delírios.

Arnica montana

Arnica montana

Arnica: Estimula a cicatrização de ferimentos, fraturas, deslocamentos, contusões e hematomas; melhora debilidade miocárdica, neuralgia e mialgia; atua como analgésico e hemostático.

Bellis perennis

Bellis perennis

Margarida: Alivia deslocamentos, contusões e a sensação de dor na parede/cavidade abdominal, melhora os processos exsudativos e a reabsorção de edema.

Calendula officinalis

Calendula officinalis

Calêndula: Promove a cicatrização em ferimentos de cicatrização lenta e a granulação; atua como analgésico.

Chamomilla (Matricaria) recutita

Chamomilla (Matricaria) recutita

Camomila: Anti-inflamatória, estimula a granulação e promove a cicatrização em ferimentos e úlceras de cicatrização difícil, fístulas, hemorroidas, mastite, intertrigo ou estomatite aftosa. Melhora quadros de agitação e excitação, distúrbios de dentição, otite média e inchaços glandulares.

Echinacea angustifolia

Echinacea angustifolia

Flor-de-cone: Aumenta a defesa no mesênquima, regula inflamações de todos os tipos e locais e processos sépticos e tem efeito anti-inflamatório.

Echinacea purpurea

Echinacea purpurea

Púrpura: Aumenta a defesa no mesênquima, regula inflamações de todos os tipos e locais e processos sépticos e tem efeito anti-inflamatório.

Hamamelis virginiana

Hamamelis virginiana

Vassoura-de-bruxa: Melhora a estase venosa, veias varicosas, (trombo) flebite, úlceras varicosas, hemorroidas e hemorragias venosas, atua como anti-inflamatório e analgésico.

Hepar sulfuris

Hepar sulfuris

Sulfeto de cálcio: Regula a tendência à supuração, especialmente na pele e em gânglios linfáticos (furúnculos, pioderma, paroníquia, fleuma); promove a cicatrização de abscessos tonsilares, calázios e hordéolos; melhora hemicrania, distúrbios urinários e hipersensibilidade ao frio e a correntes de ar.

Hypericum perforatum

Hypericum perforatum

Erva-de-São-João: Útil em lesões neurais e cerebrais, reduz dores neurais em lesões ou após seu acontecimento, atua hemostaticamente.

Mercurius solubilis Hahnemanni

Mercurius solubilis Hahnemanni

Mistura contendo essencialmente nitrato de mercúrio: Promove a cura de supurações, abscessos, gengivite, estomatite, catarro nasofaríngeo, catarro dos seios ou colangite; auxilia a ação redutora de quadros edematosos.

Symphytum officinale

Symphytum officinale

Confrei: Acelera a formação de calo em fraturas e melhora periosteíte, causalgia ou distúrbios decorrentes de contusões de membros amputados.

Achados de pesquisa

Traumeel® tem demonstrado capacidade de aliviar a dor e a inflamação

De acordo com estudos clínicos controlados, Traumeel® é capaz de reduzir a dor e a inflamação de diversas causas e em diferentes partes do corpo; p. ex.,:

Entorse agudo do tornozelo

Entorse agudo do tornozelo

Um recente estudo de grande escala demonstrou que Traumeel® em creme e em gel foi tão eficaz quanto o diclofenaco na redução da dor e na melhora funcional no tratamento de entorses agudos do tornozelo.1 Em comparação com um placebo, Traumeel® em creme foi um tratamento eficaz para entorses de tornozelo relacionados a atividade, melhorando significativamente a mobilidade e reduzindo a dor.2

Lesão musculoesquelética aguda

Lesão musculoesquelética aguda

Em comparação com um placebo, Traumeel® em creme foi significativamente mais eficaz na restauração da função muscular e na redução da dor proveniente de lesões musculoesqueléticas.3

Dor em tendão

Dor em tendão

Em comparação com o diclofenaco (um AINE), Traumeel® em creme reduziu a dor e proporcionou um retorno significativamente mais rápido às atividades normais.4

Folheto do paciente

“Quando você exagerou”

Folheto do paciente

Este folheto explica os distúrbios musculoesqueléticos mais comuns que resultam de lesões, inflamações e surtos causados por doenças reumáticas. Além disso, ele fornece recomendações sobre como evitar esses distúrbios e o que fazer se eles ocorrerem. Essas recomendações incluem o tratamento natural com Traumeel®.

  1. C. González de Vega, C. Speed, B. Wolfarth, J. González. Traumeel vs. diclofenac for reducing pain and improving ankle mobility after acute ankle sprain:A multicentre, randomised, blinded, controlled and non-inferiority trial. Int J ClinPract. 2013. doi: 10.1111/ijcp.12219.

  2. Zell J, Connert WD, Mau J, Feuerstake G. Behandlung von akuten Sprunggelenksdistorsionen: Doppelblindstudie zum Wirksamkeitsnachweis eines homöopathischen Salbenpräparats [Treatment of Acute Sprains of the Ankle: A Controlled Double-Blind Trial Test the Effectiveness of a Homeopathic Preparation]. Fortschr Med. 1988; 106(5): 96-100. (English translation available in: BiolTher. 1989;VII(1):1-6).

  3. Böhmer D, Ambrus P. Behandlung von Sportverletzungen mit Traumeel-Salbe – Kontrollierte Doppelblindstudie [Treatment of Sports Injuries with Traumeel Ointment: A Controlled Double-Blind Study]. Biologische Medizin. 1992;XXI(4):260-268. (English translation available in: BiolTher. 1992;X(4):290-300).

  4. Orizola AJ, Vargas F. The Efficacy of Traumeel® Versus Diclofenac and Placebo Ointment in Tendinous Pain in Elite Athletes. A Randomized Controlled Trial. Med Sci Sports Med Exerc. 2007;39(5,Suppl.): S79, abstract 858.